Conheça uma das 25 Maravilhas do Mundo atual: As esculturas subaquáticas de Jason deCaíres Taylor

Debaixo das águas cristalinas, centenas de esculturas de seres humanos atraem nova vida marinha ao fundo do oceano. É um trabalho conjunto de arte e conservação ambiental, em que as magníficas esculturas de Jason deCaíres Taylor, se transformam em recifes artificiais para milhares de espécies marinhas.

Nascido em 1974, filho de pai Inglês e mãe guianense, Taylor cresceu na Europa e na Ásia, onde passou grande parte da sua infância explorando os recifes de corais da Malásia. Educado no sudeste da Inglaterra, Taylor se formou em Escultura no Instituto de Artes de Londres em 1998, com honras, e logo na sequência, se tornou instrutor de mergulho submarino.

Com mais de 18 anos de experiência de mergulho, Taylor também é um premiado fotógrafo subaquático , famoso por suas imagens dramáticas, que captura os efeitos metamórficos do oceano na evolução de suas esculturas.”

Em 2006 , Taylor fundou e criou o primeiro parque de esculturas submarinas do mundo. Situado ao largo da costa de Granada, nas Antilhas, ele agora está listado como uma das 25 Maravilhas do Mundo pela National Geographic. Sua mais recente criação é o MUSA (Museo de Arte subacuatico), um museu monumental com uma coleção de mais de 500 de suas esculturas, submerso na costa de Cancún, no México, e descrita pela revista Forbes como um dos destinos turísticos mais exclusivos do mundo. As obras públicas permanentes têm um aspecto prático, funcional e facilitam as interação entre as pessoas e os habitats subaquáticos frágeis.”, conta o artista em seu site.

Apenas 10% a 15% do solo submarino têm sedimentos sólidos que permitem a formação de recifes naturalmente. Para estimular o crescimento e aumento dos recifes, áreas artificiais têm sido criadas com materiais duráveis e seguros ambientalmente. Esses projetos têm se revelado bastante eficientes, o que ajuda a equilibrar o ecossistema marinho e a minimizar a pressão e a destruição dos recifes naturais. Alguns pesquisadores prevêem que até 2050, cerca de 80% dos recifes naturais do planeta irão desaparecer.

Confira as incríveis imagens do trabalho!

Anel com 26 crianças de mãos dadas. Primeiro trabalho, denominado “Vicissitudes” realizado na Baia de Moilinere, Granada.
enhanced-buzz-wide-20141-1389780829-15

enhanced-buzz-wide-21191-1389780422-9

 

enhanced-buzz-wide-21197-1389780805-8

enhanced-buzz-wide-28516-1389780976-7

Nessa imagem, as estátuas já estão colonizadas por corais dando o aspecto final e alcançando o objetivo da obra
enhanced-buzz-wide-26183-1389781135-7

Aqui, uma sequência do trabalho, da modelo até o objetivo final- esculturas situadas em Cancún, México

silent_evolution-043-jason-decaires-taylor-sculpture

O trabalho realizado em Cancún possui mais de 500 esculturas e foi batizado como “Silent Evolution” – Evolução silenciosa, em tradução livre.
enhanced-buzz-wide-7742-1389783962-23

enhanced-buzz-wide-11685-1389784083-12

enhanced-buzz-wide-12725-1389781606-7

silent_evolution-025-jason-decaires-taylor-sculpture

enhanced-buzz-wide-8625-1389783487-7

silent_evolution-006-jason-decaires-taylor-sculpture

enhanced-buzz-26183-1389781726-9

Veja o vídeo oficial do trabalho:

Fontes indicadas para pesquisa: Jason deCaíres Taylor, Ideia Fixa, Planeta Sustentável

ISSO É CULTURA! PASSE ADIANTE!

COMPARTILHE
CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos. Sejam sempre bem-vindos! Josie Conti



COMENTÁRIOS