Japão, o país onde idosos preferem a rotina da prisão a ficar sozinhos em casa

NAGASAKI (IPC Digital) – Enquanto muitos países se esforçam para evitar que as pessoas entrem nas prisões, o Japão tenta convencer alguns de seus idosos a deixá-las.

O número de crimes praticados por idosos quase quadruplicou nos últimos 20 anos. Hoje, a cada cinco pessoas presas no Japão, uma tem mais de 60 anos de idade. Com o crescente número de idosos presos, muitas penitenciárias estão se transformando em verdadeiros asilos.

Não é difícil convencer um jovem que a prisão pode roubar muitos anos produtivos de sua vida, mas para os idosos, já quase no fim de suas vidas, o “conforto” e a rotina da cadeia pode ser melhor do que a solidão da liberdade.

O jornalista Kanoko Matsuyama, da rede Bloomberg, ouviu um idoso de 67 anos que está cumprindo pena na penitenciária de Nagasaki pela décima quarta vez, por furto. Sem família ou amigos, ele será solto em dezembro, mas os assistentes sociais da prisão já prevêem o seu retorno.

Muitos idosos no Japão cometem pequenos furtos em supermercados e lojas de conveniência na esperança de serem flagrados e levados pela polícia. “Eles não fazem questão de esconder que estão roubando e, muitas vezes, saem do supermercado mostrando o produto furtado para a câmera de segurança”, disse Takeshi Higashi (51), brasileiro morador de Osaka, que trabalha em um supermercado da cidade e que já presenciou a prisão de idosos por furto.

“As prisões do Japão estão em mau estado. A maioria não tem aquecimento ou ar-condicionado”. disse Koichi Hamai, professor de criminologia da Universidade de Ryukoku, à Bloomberg. “Mesmo assim, eles preferem ficar na prisão, onde encontram companheiros, alimento e são bem tratados.” completou.

O Japão gasta ¥3,2 milhões por ano para manter um presidiário, segundo cálculos do Ministério da Justiça. Esse valor é o dobro do que gasta uma pessoa para se manter, relativamente bem, fora da prisão. Com o envelhecimento dos detentos, esse valor tende a aumentar em decorrência do custo de cuidados médicos e alimentos especiais, necessários para atender as necessidades dos idosos.

japão capa

Fonte indicada: IPC digital, o portal dos brasileiros no Japão

COMPARTILHE
CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos. Sejam sempre bem-vindos! Josie Conti



COMENTÁRIOS