Faça estas 7 coisas e tenha certeza de que sua vida é importante

"A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos." Charles Chaplin

“A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos.”
Charles Chaplin

Todos nós queremos deixar uma marca neste mundo. Mas quantos de nós estamos realmente fazendo isso? Seja como for,  nunca é tarde demais para pensar sobre como você pode fazer do mundo um lugar melhor. Se você realmente quer deixar um legado para as próximas gerações, lembre-se destas 7 coisas.

1. Ensine a empatia.
A empatia é uma arte perdida, infelizmente. Vivemos em um mundo onde nós ensinamos as pessoas a ser auto-centradas. Se você não acredita em mim, basta olhar para as mídias sociais. Em essência, uma “atualização de status” implicitamente diz: “Olhe para mim! Olhe para mim! Eu sou mais importante do que você! “Não que haja algo de errado com a mídia social. Mas, quando estamos tão focados em conseguir a atenção de outras pessoas que nos esquecemos de demonstrar amor e compaixão por sua dor, a tendência é o afastamento afetivo. Portanto, tente chegar aos outros e reconhecer suas dores e lutas. Ajude-os e mostre que também os enxerga.

2. Espalhe simpatia e energia positiva.
Se você for positivo, as pessoas vão lembrar de você de uma forma muito simples: como você os faz sentir. Você os coloca para cima. Você os faz sentirem-se melhores sobre si mesmos. Será que eles querem passar mais tempo com você, porque eles amam a sua energia positiva e visão da vida? Ou, ao contrário, as pessoas pensam que você é um “vampiro de energia”, que suga a vida dos outros? Comece escolhendo novos pensamentos e palavras e você verá que coisas boas atraem coisas boas.

3. Ensine a outras pessoas as lições de vida que você aprendeu.
Quanto mais velhos ficamos, mais aprendemos. Quando somos crianças, nós pensamos que sabemos, tudo é o que é, até que realmente começamos a experimentar a vida e, eventualmente, percebemos o quão pouco nós realmente sabemos. Você teve uma fase em sua vida em que você bebeu e festejou tanto que quase foi reprovado na escola? Ou talvez você tenha feito parte de um relacionamento abusivo até que você acordou e decidiu se amar o suficiente para ir embora. Se assim for, pegue essas experiências de vida e passe as lições para a próxima geração. Detalhe, não precisa nem ser a próxima geração. Apenas compartilhe suas histórias com quem pode aprender com o que você já passou.

4. Coloque as pessoas em primeiro lugar.
Nosso mundo valoriza muito o dinheiro. E não que haja algo de errado com o dinheiro! Todo mundo ama o dinheiro! Mas se você está tão consumido com o dinheiro, ou poder, ou o sucesso (ou qualquer outra coisa) que você se esquece de como as pessoas são importantes, então você precisa para parar e reavaliar a sua vida. Trate a todos com amor e respeito, até mesmo seus “inimigos”. Trate o zelador da mesma forma que você trataria o presidente da empresa onde você trabalha. Perceba que todos realmente só querem ser amados, aceitos e reconhecidos. É muito simples. A “Regra de Ouro” é fazer aos outros o que você teria feito a si mesmo.

5. Descobrir a sua paixão e dedicar sua energia a ela
Você ama a criação de arte? Você gosta de escrever? Você ama pescar? Seja qual for a sua paixão, você deve passar cada vez mais tempo se dedicando à ela. Você pode até mesmo ser capaz de encontrar uma maneira de canalizá-la em uma carreira e ter renda com ela. Talvez você escreva em seu diário ou mantenha um blog apenas para a diversão. Mas talvez você fazer isso de maneiras diferentes.Se gostar da ideia, faça! Não há nada mais bonito do que quando a nossa paixão encontra um propósito na vida. Quanto mais apaixonados formos pelo que fazemos, melhor será o mundo.

6. Gaste seu dinheiro em experiências que você vai se lembrar em vez de em coisas que você não precisa.
Como diz o ditado: “Quanto você morrer, você não vai levar seu dinheiro com você.” Em outras palavras, o dinheiro é maravilhoso, mas você não pode levá-la para o outro mundo. Então, se você está usando o seu dinheiro para comprar uma casa enorme só para impressionar as pessoas, então talvez você esteja canalizando o seu dinheiro na direção errada. Em vez disso, talvez você deva reduzir as despesas com coisas bobas em casa e levar sua família para férias. Essas são as coisas que as pessoas se lembram, então reavalie suas prioridades quando se trata de gastar o seu dinheiro.

7. Mantenha um nível saudável de interação com as mídias sociais.
Claro, é ótimo para se reconectar com amigos perdidos e manter contato com os membros da família que moram longe. Mas se você achar que você necessita narrar sua vida em mídias sociais para o mundo inteiro ver, então talvez você tenha ido longe demais. Se você está de férias com sua família na Disney World, mas você tem que parar a cada 5 minutos para enviar as fotos que acabou de tirar, então você está passando do limite. Em vez disso, aproveite o momento. Aproveite o AGORA . Haverá tempo mais tarde para fazer o upload dessas fotos. Portanto, tente libertar-se um pouco da internet e volte para o mundo real com mais freqüência. Você perceberá que isso te fará mais feliz.

Faça a diferença, comentando por você mesmo!

Traduzido e adaptado do original Life Hack

COMPARTILHE
CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos. Sejam sempre bem-vindos! Josie Conti



COMENTÁRIOS