Edgar Morin e a poesia da vida

“Não se pode sonhar com uma felicidade contínua para a humanidade”

Edgar Morin, sociólogo e filósofo francês, reflete sobre a fragilidade e a complexidade da felicidade. Para ele, o grande segredo da vida é favorecer elementos que permitam uma vida poética, repleta de momentos de êxtase e de alegria. Conferencista do Fronteiras do Pensamento nos anos de 2008 e 2011.

Você achou esse assunto relevante? Compartilhe!

COMPARTILHE
CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos. Sejam sempre bem-vindos! Josie Conti



COMENTÁRIOS