Dica de livro: ‘Psicologia para Principiantes’, de Nigel C. Benson

Um livro de bolso indispensável a estudantes de psicologia e a profissionais.

O que é a psicologia? Qual a diferença entre ser psicólogo e ser psiquiatra? Quais as metodologias e ramos do estudo da mente que são mais conhecidas e adoptadas ‘in loco’ (seja em escolas, em hospitais, em tribunais, etc.)?

Este pequeno livro, literalmente, introduz ao leitor principiante na temática, e a outros, cada um dos métodos de investigação defendidos por egrégios e pioneiros homens da ciência, do séc. XIX e XX. A primeira vez que ouvimos falar do termo Psicologia data de 1879. E em que país? Alemanha.

O Estruturalismo, o Funcionalismo e o Behaviorismo foram as primeiras correntes teóricas conhecidas e abriram caminho para as seis que nos dias actuais existem. Toda a evolução, críticas e admoestações surgidas na época, por parte dos cientistas, são observadas neste livro.

Um denso capítulo é dedicado, inevitavelmente, a Freud e ao «seu» inconsciente. É exemplificado, através de imagens – muitas das quais com elevado sentido de humor -, o «famoso» icebergue, de que Freud se serviu para distinguir a mente consciente, pré-consciente e Inconsciente.

Carl Jung, Erik Erikson, Pavlov, Maslow, Kohler, são outros cientistas das quais teorias defendidas são postas em síntese.

Na recta final o livro mostra os cursos a seguir, para quem quiser se formar em psicologia. ‘Psicologia para Principiantes’ é composto por 176 páginas diminutas (168 x 118 x 11 mm), cada uma contendo ilustrações apropriadas a cada assunto descrito. Diria que é um livro de bolso indispensável a estudantes de psicologia e a profissionais

Este título faz parte da coleção publicada nos anos 80 dos quais fazem também parte os volumes: ‘Economia para Principiantes’ e ‘Filosofia Política para Principiantes’, ambos publicados pela Vogais.

 

A indicação de leitura é do nosso blog parceiro Silêncios Que Falam (Site; Facebook)

COMPARTILHE
Miguel Pestana
Vive na Madeira, ilha portuguesa onde nasceu Cristiano Ronaldo, o melhor jogador de futebol do mundo. É cinéfilo e melómano, mas é no mundo dos livros que passa maior parte do tempo, e por isso diz ser um grande bibliófilo. Em Portugal, o seu blogue literário — http://silenciosquefalam.blogspot.pt —, existe há mais de 5 anos e é parceiro de mais de 40 editoras. Em ‘Silêncios que Falam’ ele já postou mais de 300 resenhas críticas, sobre livros de géneros literários vários.



COMENTÁRIOS