12 casos de gentileza que deixarão os seus olhos mais brilhantes!

Por Josie Conti e Nara Rúbia Ribeiro

Da posição de nosso corpo, no tom de nossa voz até o direcionamento de nosso olhar, somos capazes de demonstrar nossos sentimentos e intenções o tempo todo.

Ser gentil, muitas vezes, mais do que uma obrigação, pode ser um estilo de vida.

E, o melhor de tudo, a coisa mais fascinante da gentileza é que ela faz tão bem para quem a pratica quanto para quem a recebe.

Abaixo, você encontrá  histórias da mais profunda gentileza. Elas são capazes de dar brilho aos olhos e tornar a vida mais leve.

1 – Somos gentis quando mostramos ao outro o quanto ele é importante.

Como tanto eu como meu marido estamos desempregados, hoje, data em que completamos 10 anos de casamento, combinamos de não comprarmos presentes. Quando eu acordei esta manhã, meu marido já estava de pé. Desci as escadas e encontrei belas flores silvestres por toda a casa. Imagino que existam umas 400 flores no total e ele, cumprindo sua promessa,  não gastou um centavo.

2 – Somos gentis quando não marcamos dia, hora ou regras para a nossa ternura.

Meu avó estava dirigindo de volta para casa quando, de repente, fez uma inversão de marcha e disse: “Eu esqueci de pegar um buquê de flores para sua avó . Vou parar aqui na floricultura, só vai levar um minuto.” O que há de tão especial no dia de hoje que você tem que comprar flores? “, perguntei. “Não há nada de especial hoje”, meu avô disse. “Cada dia é especial e sua avó adora flores.”

3 – Somos gentis quando  observamos as necessidades do outro e inventamos uma forma de supri-la.

Estive internado por quase um mês após um incêndio que aconteceu na minha casa. Hoje e todos os dias durante os últimos dois meses desde que voltei para a escola cheio de cicatrizes, encontrei uma rosa vermelha no meu armário todas as manhãs. Eu não tenho nenhuma ideia de quem chega tão cedo na escola para me deixar as rosas.  Eu mesmo já cheguei mais cedo algumas vezes para tentar descobrir quem as coloca, mas elas já estavam lá.

4 – Somos gentis quando nos envolvemos com o problema do outro.

Sou professor de língua de sinais. Hoje, uma mulher que perdeu a fala por causa do câncer se matriculou na minha aula. Junto com ela vieram seu marido, quatro filhos, duas irmãs, um irmão, a mãe, o pai, e doze amigos próximos. Eles vieram para saber como se comunicar com ela agora que ela não pode mais falar.

5 – Somos gentis quando damos ao tempo a oportunidade de nos surpreender e nos presentear.

Hoje eu me inspirei em um casal de idosos e na maneira como eles se entreolhavam … dava para ver que eles estavam apaixonados. Quando o marido mencionou que eles estavam celebrando seu aniversário, eu sorri e disse: “Deixe-me adivinhar. Vocês dois estão juntos desde sempre! “Eles riram e a esposa disse: “Na verdade não, hoje é nosso aniversário de 5 anos juntos. Nós dois sobrevimentos ao nosso primeiro casamento e então a vida nos abençoou com um “tiro” certo no amor.”

6 – Somos gentis quando sabemos esperar.

Depois de um longo período de trabalho no exterior, meu noivo finalmente voltou para casa. Quase um ano atrás, ele me enviou um pacote e me disse que eu não tinha permissão para abri-lo até que ele voltasse para casa em duas semanas. Entretanto, sua missão foi prorrogado por mais 11 meses. Quando ele voltou, ele me disse para abrir a embalagem. Nela estava um anel, então ele ficou de joelhos.

7 – Somos gentis quando ajudamos o outro a superar seus obstáculos mentais.

Sentei-me com minhas duas filhas,uma de 4 e outra de 6 anos, para explicar que teríamos que sair da nossa casa de 4 quartos para nos mudarmos para um apartamento de apenas 2 quartos até que eu pudesse encontrar outro emprego. Minhas filhas se entreolharam por um momento e, em seguida, a mais nova se virou para mim e perguntou: “Nós vamos todas juntas?” “Sim”, eu respondi. “Ah, então não é grande coisa”, disse ela.

8 – Somos gentis quando reconhecemos a importância do outro em nossas vidas.

Hoje, no nosso 50º aniversário de casamento, ela sorriu para mim e disse: “Eu só desejaria ter te conhecido mais cedo.”

9 – Somos gentis quando o desejo de ofertar um abraço nos faz vencer as distâncias.

Recentemente minha mãe faleceu após uma longa batalha contra o câncer. Meu melhor amigo mora a 2.000 milhas de distância e  me ligou para oferecer algum conforto. Enquanto nos falávamos ao telefone, ele perguntou: “O que você faria se eu aparecesse em sua casa e lhe desse o maior abraço do mundo?” Então ele tocou minha campainha.

10 – Somos gentis quando aceitamos o outro como ele é.

Sou garçonete em uma cafeteria. Hoje, quando dois homens gays entraram de mãos dadas, uma jovem garota perguntou à mãe por que dois homens estavam de mãos dadas. Sua mãe respondeu: “Porque eles se amam”.

11 – Somos gentis quando a nossa vida é colocado a serviço de quem amamos.

Certo dia eu operei uma menininha. Ela precisava de sangue O-. Nós não tínhamos nenhum, mas seu irmão gêmeo também era O- . Então eu o chame e expliquei que era uma questão de vida ou morte. Ele ficou em silêncio por um momento, e então disse adeus a seus pais. Eu não pensei mais nisso até que, depois que nós retiramos seu sangue, e ele perguntou: “Então, quando eu vou morrer?” Ele pensou que estava a dar sua vida pela dela. Felizmente, os dois ficarem bem.

12 – Somos gentis quando as nossas palavras fazem o outro ainda maior do que ele acredita ser.

Hoje, meu filho de 8 anos de idade  me abraçou e disse: “Você é a melhor mãe no mundo inteiro!” Eu sorri e sarcasticamente respondi: “Como você sabe disso? Você não conhece cada mãe que existe no mundo inteiro. “Meu filho me apertou com mais força e disse:” Sim, eu sei. Você é o meu mundo.”

Histórias traduzidas e adaptadas por Josie Conti via 60 Tiny Love Stories to Make You Smile 

Seja gentil com seus amigos! Compartilhe!

COMPARTILHE
CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos. Sejam sempre bem-vindos! Josie Conti



COMENTÁRIOS