Conheça o blog brasileiro onde mães podem desabafar anonimamente

Existe um tabu que todas as mães enfrentam: elas não podem demonstrar insatisfação pública com a gravidez e com a maioria das coisas que estão acontecendo durante todo o processo anterior e após o parto. É como se qualquer problema fosse um sintoma de menos amor pela criança ou pelo processo da maternidade, algo não digno.

TEMOS QUE FALAR SOBRE ISSO é uma plataforma de relatos ANÔNIMOS de mães que passaram pelas mais diversas situações: depressão pós parto, transtornos ligados à saúde mental na maternidade e no período perinatal (desde a concepção até o primeiro ano do bebê), dificuldades durante a gravidez, sofrimento psíquico intenso, problemas com amamentação, perda gestacional e neonatal, partos traumáticos, prematuridade extrema, gravidez de alto risco, processo de adoção, violência obstétrica, entre outros.

12105722_970766749647466_314017530034156061_nDesabafos de mulheres que, desamparadas, não encontram ajuda ou apoio para falar sobre isso.

Mães com dificuldades em contar suas histórias por medo de serem consideradas incapazes de cuidar de seus próprios filhos, por vergonha, por insegurança, por se sentirem sozinhas ou qualquer razão seja, têm um espaço de acolhida e suas vozes serão ouvidas.”

O desabafo anônimo permite que algumas coisas sejam ditas pela primeira vez. Nas palavras sem assinatura, sentimentos que encontram vazão e dão os primeiros passos no caminho do simbólico e da libertação.

A identificação com outras pessoas que sofrem de problemas semelhantes permite que a sensação de inadequação diminua.

Ajudar essas mães a encontrar forças e conforto nelas mesmas e em outras mães, para seguir adiante e ultrapassar esses obstáculos tão delicados nesses períodos tão sensíveis.

Para quem quiser saber mais: TEMOS QUE FALAR SOBRE ISSO!

COMPARTILHE
Josie Conti
Blogueira e empresária. Após trabalhar anos como psicóloga, abandonou o serviço público para manter seus valores pessoais. Hoje, a Josie Conti ME e sua equipe trabalham prioritariamente na internet na administração funcional, editorial e publicitária de redes sociais e sites como A Soma de Todos os Afetos e Psicologias do Brasil, além de várias outras fan pages que totalizam cerca de 6.5 milhões de usuários. É idealizadora da CONTI outra, o projeto inicial que leva seu nome.