Comece o dia amando mais você!

A cada gesto de amor próprio, uma ilusão se despede. As qualidades que a gente atribui ao outro, são as nossas próprias que a gente quer ver em reciprocidade. E não é sempre que isso acontece. Desilusão é esperar uma troca que jamais acontecerá.

Comece o dia amando mais você! Dessa forma, não será preciso aceitar o mínimo, suplicar o possível, sonhar com o inatingível. Seu amor e seu zelo tornam-se escudos protetores, verdadeiras muralhas que impedem a entrada de sugestões ciumentas, comentários invejosos, dicas mesquinhas, inspirações derrotistas.

Somos amados, sem dúvida alguma. Nem sempre do jeito que desejamos. Quase nunca na intensidade que sonhamos. Raramente por todos os que elegemos. Muitas vezes nos contentamos com o amor idealizado, desculpado, esfarrapado. Mas não ousamos nos amar mais para suprir o que falta.

Comece a tarde amando mais você! Se sobreviveu à manhã de expectativas por novidades e grandes surpresas, e por fim a rotina prevaleceu, comece a tarde em total amor por você!
Despeça-se das promessas vazias, da esperança enfraquecida, da ligação que não recebeu, das desculpas que não interessa mais ouvir.

Ainda somos amados, tantas vezes secretamente, outras aberta e sonoramente! Que valor atribuímos a esses amores? Estarão eles perto demais para que possamos enxergá-los sem a vista embaçar? Seremos nós pessoas que preferem o amor de longe?
Quando a gente se ama mais, aprende a aceitar o amor que nos oferecem.

Comece a noite amando mais você!
Relaxe, descanse, desacelere, deixe as perdas do lado de fora da porta, derretendo no capacho. Sacuda a indiferença, a ingratidão, o orgulho ferido e as desilusões antes de entrar no seu mundo particular. Faça dele o paraíso, ainda que muitas vezes solitário.

É certo que companhia nos faz um bem enorme, mas na falta de uma, não podemos negar a nossa própria e deliciosa companhia a nós mesmos. Se a gente não acha, quem o fará?

Termine o dia amando mais você. Se o dia terminou para você, lembre-se de que é uma pessoa de sorte e muito amada. Não há garantias para o dia seguinte, a hora é agora!

COMPARTILHE
Emilia Freire
Administradora, dona de casa e da própria vida, gateira, escreve com muito prazer e pretende somente se (des)cobrir com palavras. As ditas, as escritas, as cantadas e até as caladas.



COMENTÁRIOS