Cinema ímpar: 10 filmes importantes que disseram muito sobre a vida

Você pode até achar que os filmes abaixo não tiveram muito o que dizer. Ou que não trouxeram nada em especial. Pode até achar que foram perda de tempo. Talvez você esteja certo. Mas talvez não esteja. Na dúvida, tente de novo. Ou comece essa lista pela primeira vez…

1. Meu Jantar com André (1981) – Dir. Louis Malle

Wallace Shawn, fazendo o papel dele mesmo, sai para jantar com um amigo que não via há muito tempo, André Gregory (também fazendo o papel dele mesmo) e os dois travam um diálogo existencial durante a refeição.

2. O Homem que Incomoda (2006) – Dir. Jens Lien

Andreas desembarca numa cidade estranha sem lembrar como chegou ali. É recebido de forma cordial e inicia uma vida regrada, com trabalho, casa e até uma mulher encantadora. Mas rapidamente percebe que tem alguma coisa errada neste mundo perfeito. As pessoas não parecem sentir emoções genuínas e só falam de trivialidades. Ele tenta escapar da cidade mas descobre que não tem saída. Isso até conhecer Hugo, que achou uma fissura no porão de casa, através da qual se ouve uma bela música. Seria esta uma comunicação com o “outro lado”?

3. No Topo do Poder (2016) – Dir. Ben Wheatley

O longa adaptará o livro futurista de J.G. Ballard publicado em 1975, sobre uma sociedade estruturada numa torre de condomínio gigantesca, projetada para isolar seus moradores do mundo exterior. Porém, o que era para ser o local perfeito para viver, uma guerra entre classes acontece, recriando um novo mundo governado pelas leis da selva.

4. Ensina-me a Viver (1971) – Dir. Hal Ashby

O relacionamento entre um rapaz de 20 anos com obsessão pela morte, que passa seu tempo indo a funerais ou simulando suicídios, e uma senhora de 79 anos encantada com a vida. Eles passam muito tempo juntos e, durante esta convivência, ela expõe a beleza da vida.

5. Garotos Incríveis (2000) – Dir. Curtis Hanson

Grady Tripp (Michael Douglas) é um professor universitário que escreve em suas horas vagas. Atormentado por um bloqueio de escritor, ele descobre que sua amante, Sara Gaskell (Frances McDormand), que é casada, está grávida de um filho dele. Além disto, tem que lidar com uma de suas alunas, Hannah (Katie Holmes), que está apaixonada por ele e ajudar um de seus alunos, James (Tobey Maguire), a encontrar uma rara jaqueta que teria sido usada por Marilyn Monroe.

6. Um Mundo Perfeito (1993) – Dir. Clint Eastwood

Texas, 1963.

Butch Haynes (Kevin Costner), um presidiário, foge da prisão, sendo perseguido por Red Garnett (Clint Eastwood), um policial implacável.

Ao entrar na casa de uma família leva consigo Phillip Perry (T.J. Lowther), um garoto de sete anos, como refém.

Mas contrariando suas expectativas eles se tornam amigos, sendo que este relacionamento transforma a vida do menino.

7. Aquele Que Sabe Viver (1962) – Dir. Dino Risi

No verão de 1962, Bruno, um playboy quarentão, leva Roberto, um tímido estudante de direito, para uma viagem de dois dias pelas estradas de Roma e da Toscana. Neste período, vivem uma série de aventuras e desventuras, com um desfecho surpreendente.

8. Paterson (2016) – Dir. Jim Jarmusch

Paterson é um motorista de ônibus que mora na cidade de Paterson, New Jersey – ele e a cidade dividem o mesmo nome. Diariamente, Paterson vive uma simples rotina: dirige pela rota diária, observa a cidade, ouve fragmentos de conversas, escreve poesias num caderno, passeia com o cachorro, bebe uma cerveja no bar de sempre e, finalmente, volta para casa, para a esposa Laura. Ela, em contraste, vive num mundo que sempre muda, com novos sonhos diários. Eles se amam. Ele a apoia no alcance das novas ambições, ela festeja nele o dom da poesia. “Paterson”, o filme, observa os triunfos e derrotas da vida diária com poesia evidente nos menores detalhes.

9. Sonhando Acordado (2006) – Dir. Michel Gondry

Stephane Miroux (Gael García Bernal) vê seus sonhos invadirem constantemente a vida real. Quando dorme, se transforma no carismático apresentador do programa ?Stephane TV?, explicando sua ?ciência dos sonhos? na frente das câmeras de papelão. Na vida real, tem um trabalho chato numa editora de calendários em Paris. Ele flerta com a vizinha Stephanie (Charlotte Gainsbourg), mas a moça não está disposta a encarar alguém como ele. Guy (Alain Chabat), colega de trabalho de Stephane, até tenta ajudá-lo na conquista, mas nada funciona. Incapaz de chegar ao coração de Stephanie na vida real, Stephane procurará as respostas em seus sonhos.

10. O Fim da Turnê (2015) – Dir. James Ponsoldt

O filme mostra a entrevista de cinco dias do jornalista David Lipsky com o aclamado escritor David Foster Wallace, que aconteceu em 1996, durante a turnê de lançamento do novo livro de Wallace, “Infinite Jest”.

COMPARTILHE

RECOMENDAMOS





Guilherme Moreira Jr.
"Cidadão do mundo com raízes no Rio de Janeiro"

COMENTÁRIOS