Cansaço – O maior inimigo do sono

Por Terezinha Gnoatto

Pode parecer contraditório o que você acabou de ler.

Mas sim, o cansaço tem sido o maior vilão da produtividade e do sono.

Entenda o porquê.

Olhe só esta história.

Há alguns anos, em um desses programas de variedades na TV, um médico estava falando sobre os distúrbios do sono. Foi a primeira e única vez que ouvi alguém fazer uma colocação daquelas.

Em meio a sua fala, comentou que para dormir bem, o corpo precisaria estar descansado.

Ao ouvir isso, a apresentadora, bastante surpresa, interpelou o médico imediatamente, perguntando: “Mas nós não deveríamos dormir justamente para descansar?” – E o médico respondeu que sim, porém explicou que deveríamos estar descansados para que o corpo pudesse cair no sono mais facilmente e alcançar um estado de repouso profundo.

Parece coisa de louco, não é mesmo?

Apesar de estranho, o que o médico quis dizer é: “Não se canse demais.”

Não há dúvida de que na atualidade, os excessos são muitos.

É excesso de trabalho, de compromissos sociais, de viagens, de shoppings, de informação.

Parece que aproveitar a vida tem a ver com envolver-se com alguma coisa, o tempo todo. E descansar? Bem, disso poucos lembram e vão deixando para depois.

Assim, o cansaço só aumenta e os problemas também.

O sono diário é necessário para reparar o corpo, porém quando as pessoas procrastinam a hora de dormir e dormem menos do que deveriam, a fadiga acaba não sendo eliminada totalmente, naquela noite.

E, dia após dia, ela vai se acumulando como poeira em cima de um móvel que não é limpo todo dia. No inicio ela é quase imperceptível, porém em poucos dias é possível ver uma camada fina de pó. Com o tempo, se não for limpo totalmente, forma uma crosta de feia aparência.

Se o corpo não descansa, a “poeira”, tensões que se impregnam em todo sistema, deixa o corpo em condições nada ideais de funcionamento.

O sistema nervoso é um mecanismo que funciona conforme o ritmo da natureza – com períodos de atividade e descanso.

Todo dia o corpo se fadiga pelo desempenho do seu trabalho, o que é normal.  E todo dia essa fadiga deveria ser eliminada com um descanso adequado.

Uma vez que isso não ocorre diariamente, a fadiga se acumula e com o tempo, o corpo não suporta mais e passa a sofrer com a sobrecarga. A produtividade se reduz e o sono demora a chegar.

Por mais incrível que possa parecer, o cansaço gera agitação no sistema nervoso. É assim: o corpo agitado, agita a mente e esta agitada continuadamente, exaure o corpo. E, sem que se perceba, acontece um “toma lá da cá” recíproco. O resultado é cansaço mental e físico, pois a mente influencia o corpo e esse influencia a mente.

É muito comum ouvir pessoas reclamarem de cansaço. Dormem, porém não descansam e outras já têm sérios problemas para dormir.

Dica: Siga o curso da natureza. Após às 18:00, deixe-se levar pela morosidade que o corpo passa a sinalizar.

Tome seu relatório (clique aqui) e veja que anotações você fez.

Se você tem feito coisas demais antes de ir deitar, reavalie.

Estamos aqui para te ajudar a realizar mais, fazendo menos.

Fique em sempre paz!

Meu afetuoso abraço!

Terezinha Gnoatto

P.S1.: A mente sossegada alivia as tensões do corpo. Este, menos agitado, propicia um sono reparador.

P.S2: (Todos os direitos reservados – Registro na Biblioteca nacional)

Reprodução autorizada para a CONTI outra.

Terezinha Gnoatto

2cb41c6e37d5848e335ec3a4900bee77Uma experiência pessoal sobre o Sono, no inicio de sua carreira corporativa, a levou a pesquisar intensamente o tema e, desvendou conhecimentos incríveis. Desligou-se do mundo corporativo e dedicou-se a projetos para ajudar pessoas a cuidar da própria saúde e bem estar. Fundou a escola do sono como um guia para transformar vidas, um espaço para aprender aquilo que faz bem, com base nas perfeitas leis da natureza.

Para saber mais sobre o tema conheça também o site Escola do Sono

COMPARTILHE
CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos. Sejam sempre bem-vindos! Josie Conti



COMENTÁRIOS