Artistas transformaram uma igreja em pista de skate

Uma igreja em ruínas no município de Llanera, na Espanha, recebeu uma segunda vida na forma de pista de skate, graças à alguns artistas e skatistas ousados que resolveram investir em sua fé e paixão no esporte.

A igreja centenária de Santa Barbara foi construída em 1912, e abandonada dezoito anos depois, quando terminou a guerra civil espanhola. Sua bela arquitetura exterior faz lembrar de um santuário em moldes franceses; por dentro, os assentos foram substituídos por rampas, as paredes e o teto foram grafitados com desenhos coloridos e geométricos, assumindo o aspecto de murais vivos.

O espaço foi apelidado pelos idealizadores de Kaos Temple. Um grupo de entusiastas do skate intitulado Church Brigade levantou fundos para viabilizar o projeto de renovação do local, buscou patrocinadores oficiais (incluindo a marca Red Bull), e até mesmo chamou a atenção do artista de rua Okuda San Miguel, que se ofereceu para decorar os tetos abobadados e paredes da igreja com seu estilo artístico peculiar.

Alguns anos foram necessários para tirar esse projeto cultural do papel, mas, enfim, foi concretizado com sucesso. O produto final é uma paróquia multicolorida psicodélica que serve de pista de skate artística.

A equipe envolvida trabalhou sob influências de Salvador Dali, Hieronymus Bosch, René Magritte, Max Ernst, entre outros artistas.

Muitas pessoas consideraram que essa transformação artística foi um sacrilégio. Entretanto, a grande maioria dessas pessoas mais tradicionalistas, após conhecerem e se habituarem ao local, tiveram opiniões muito positivas.

Em um lugar onde eram realizados cultos religiosos, agora as pessoas podem praticar skate quando quiserem, sem se preocuparem com as antigas aparências do ambiente. Atualmente, nesta igreja, anda-se de skate ao invés de fazer orações. A comunidade religiosa que antes encontrava-se ali não pode reclamar do que foi feito, visto que a igreja estava desativada por décadas durante as quais apenas apodrecia.

Em entrevista para o jornal The Guardian, um dos idealizadores do projeto, Ernesto Fernández Rey, disse:

“A igreja estava praticamente em ruínas quando começamos o projeto. As paredes estavam manchadas, a pintura descascando e havia poeira em todos os lugares.”

Antes de ser construída, a igreja era uma fábrica de munições. Ao final da guerra civil espanhola, no entanto, a fábrica caiu em desuso e fechou suas portas.

O espaço, decadente por tanto tempo, atraiu a atenção de Fernández Rey. Quando visitou o local pela primeira vez, ele ficou interessado em abrir um negócio, mas suas condições financeiras precárias e a crise econômica na Espanha o impediram de empreender. Após um tempo sondando a possibilidade de investir no local, ele se reuniu com alguns amigos e artistas, para então fundarem o grupo Church Brigade.

Os skatistas demoraram muito para se acostumar à ideia de que praticariam seu esporte em um local onde, antigamente, se pregava e rezava. Tudo foi uma grande surpresa para eles, mas, hoje, pensam que seja um bom lugar para se passar o tempo, afinal de contas.

Por todos os lados, têm-se uma visão multiplamente rica. O caleidoscópio de cores criado no local, combinado com a intensidade e radicalidade do skate, é o resultado da engenhosidade de uma equipe de esportistas, empreendedores e artistas.

Dezenas de pessoas visitam o local todos os dias. Apesar da baixa rentabilidade do negócio, isso não chega a descompensar todo o investimento que foi feito. A Red Bull como patrocinadora e o sistema de crowdfunding ajudam a manter o lugar em pé, longe dos riscos de desapropriação.

Essa obra de arte icônica passa a mensagem de que não há função que limite um bom propósito, quando existem pessoas se esforçando para atingir objetivos em comum. A igreja deixou de ser igreja, mas a fé talvez não tenha se perdido.

Muitos skatistas preferem praticar o esporte ao ar livre, pois isso lhes confere a liberdade que tanto almejam. Mas poucos deles desconsiderariam a chance de andar nessa “pista de skate santificada”. Confira:

igrejaskate_1

igrejaskate_2

igrejaskate_3

igrejaskate_4

igrejaskate_5

igrejaskate_6

igrejaskate_6b

igrejaskate_8

igrejaskate_8b

igrejaskate_9

igrejaskate_10

igrejaskate_11

igrejaskate_12

igrejaskate_13

COMPARTILHE
Eduardo Ruano
Escritor e redator por hobbie e profissão. Me considero uma pessoa racional, analítica, curiosa, imaginativa e em constante transformação. Gosto de ler, escrever, correr, assistir séries, beber e viajar com os amigos. Estudioso de psicologia, filosofia e comportamento humano. Também sou interessado em arte, literatura, cultura e ciências sociais. Odeio burocracias, formalismos e convenções. Amo pessoas excêntricas, autênticas e um pouco loucas, até certo ponto. Estou sempre buscando novas inspirações para transformar ideias em palavras.



COMENTÁRIOS