Artista japonesa cria carapaças arquitetônicas para caranguejos ermitões

Pode-se dizer que artista japonesa Aki Inomata tem o maior projeto de distribuição de moradia para os caranguejos ermitões.

No projeto “Why Not Hand Over a ‘Shelter’ to Hermit Crabs?” [Por Que Não Entregar Uma Concha para o Caranguejo Ermitão?] ela cria carapaças de plástico influenciada pela arquitetura de grandes cidades e, com a ajuda de uma impressora 3d, entrega as novas “casinhas” para os crustáceos, também conhecidos comopaguro e eremita.

0084

A espécie de crustáceo é conhecida por ter o abdômen mole e se proteger dentro de conchas e caracóis abandonados, sendo que o próprio caranguejo faz essa troca por toda sua vida, quando cresce e a concha fica muito pequena para ele.

As conchas são deixadas em aquários onde estão os caranguejos e os próprios animais “se mudam” para a nova casa.

O projeto traz imagens incríveis, integrando a natureza e a influência humana que podem ser vistas na sequência.

Bangcoq, Tailândia

MORADIAS ARQUITETÔNICAS

Zaanse Schans, Holanda

0044

Santorini, Grécia

0033

Nova York, EUA

0016

Aït-Ben-Haddou, Marrocos

0007

Minato – Tóquio, Japão

0073

Fonte mais do que indicada: Eu te amo hoje

Aki Inomata

 

Você gostou desse conteúdo?

Compartilhe!

COMPARTILHE
CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos. Sejam sempre bem-vindos! Josie Conti



COMENTÁRIOS