Algumas orientações aos pais que precisam procurar um psicólogo para seu filho- Parte II

A maioria dos pais sentem-se frustrados e inseguros quando precisam procurar um psicólogo para acompanhar seu filho.

Ouvi muitas vezes dos pais que recebi no consultório que sentiam que tinham falhado e que erraram nos cuidados de seus filhos. Sempre havia o peso da culpa em suas palavras.

É importante ressaltar que a criança já nasce com um temperamento e a personalidade vai se constituindo nos primeiros meses de vida dentro do seu contexto familiar, entretanto as crianças também vão compreendendo o mundo que as cerca de acordo com suas próprias condições mentais.

Dessa forma, alguns comportamentos dos pais ou funcionamento da família, pode melhorar ou agravar essas condições que a criança tem de “compreender” e sentir todas essas experiências.

Portanto, um profissional poderá auxiliar a identificar esses aspectos e orientar a família.

Seguem algumas dicas para os pais que sentem a necessidade de procurar um psicólogo para seu filho:

  • Marque entrevista com mais de um profissional: é importante que os pais se identifiquem com o psicólogo que irá atender seu filho;
  • O profissional deve realizar uma boa avaliação : o psicólogo precisa obter informações desde a concepção até a idade atual da criança;
  • O psicólogo não deve julgar/criticar: o profissional tem que estar apto a ouvir sem julgamentos;
  • Deve ter experiência em atendimento infantil: atender crianças exige conhecimento, material e consultório adequados para o atendimento de crianças;
  • Acessibilidade: o psicólogo deve estar disponível aos pais para esclarecer dúvidas ou realizar orientações;
  • Disponibilidade do profissional em entrar em contato com os profissionais da escola da criança: Geralmente os professores têm informações valiosas sobre o comportamento da criança no contexto escolar;
  • Os pais devem se sentir acolhidos pelo profissional: o psicólogo preparado consegue acolher e aliviar a angústia e temores dos pais;
  • Devem estar preparados para trabalhar junto com o profissional: o profissional primeiramente fará o diagnóstico da criança e interpretará suas emoções através do brinquedo. Muito provavelmente, haverá algumas orientações que se faz importante que os pais consigam colocar em prática para obter bons resultados com a criança;
  • Os atendimentos tem resultado a médio longo prazo: a psicoterapia se desenvolve dentro de um processo, ou seja, existe o “passo-a-passo” a seguir. Os resultados são progressivos, mas levam um determinado tempo.
  • Se programar para levar a criança semanalmente: os dias e horários agendados serão os mesmos, por exemplo: todas as segundas-feiras às 16 horas. Dessa forma, os pais devem reservar esse tempo para levar a criança aos atendimentos, pois as faltas podem comprometer o processo;
  • Estar à disposição do profissional: depois da entrevista com os pais, o psicólogo trabalhará algumas sessões com a criança e, depois de coletar informações do campo emocional, é que os pais serão chamados novamente para orientação. É importante comparecer à esses encontros, pois o psicólogo terá melhores resultados no seu trabalho se os pais forem comprometidos com o tratamento psicológico de seus filhos;
  • Sobre o custo do tratamento: Para trabalhar com crianças o profissional deve ter materiais adequados, deve montar uma caixa de brinquedo para cada criança atendida, o consultório deve ser adaptado para o atendimento infantil e ter realizados cursos nessa área, pois atender crianças exige conhecimentos específicos. Portanto, todos esses investimentos realizados pelo psicólogo estarão embutidos no preço do seu trabalho. Não existe psicólogo bom e experiente que consiga trabalhar com preços irrisórios, pois o profissional deverá sempre atualizar seu conhecimento e material de trabalho.

Essas são as principais dicas para os pais que necessitam buscar um profissional. Portanto, os pais têm que estar programados para investir tempo e dinheiro. Devem estar preparados para ouvir e compreender os aspectos emocionais do seu filho e estarem aptos para realizar algumas mudanças.

E, certamente, se estiverem com o profissional certo todos esses investimentos serão válidos e gerarão resultados perpetuados ao longo da vida seu filho.

Imagem de capa: Olimpik/shutterstock

COMPARTILHE

RECOMENDAMOS



Elisangela Siqueira

Psicóloga com especialização em Psiquiatria e Psicologia da Infância e da Adolescência e em Psicoterapia Psicanalítica Breve. Mais de 10 anos de experiência. Atendimentos presenciais e online.


COMENTÁRIOS