“Ajuda-me, eu não sei se posso esperar até amanhã”: retratos da violência doméstica

Esta curta-metragem do governo da Croácia alerta para o flagelo da violência doméstica, mostrando imagens chocantes que ilustram o pior que acontece em algumas casas.

Se a princípio pode parecer que está tudo bem, saiba que não está e que, ao longo do tempo, as agressões ficam mais violentas e constantes.

«Ajuda-me, eu não sei se posso esperar até amanhã.», diz a mensagem no papel que aparece no final do vídeo.

É tempo de dizer “BASTA”. A violência doméstica seja física, psicológica, quer incida sobre mulheres, homens, crianças ou idosos, tem de ter um fim.

Fonte: Canal 411

___________________________________

Informação importante

Vocês sabiam que serviços psicológicos podem ser realizados através da internet desde que atendam ao Código de Ética Profissional do psicólogo e à Resolução do CFP n.º 11/2012?

Abaixo compartilho um site confiável sobre o assunto para quem quiser conhecer e obter mais informações sobre os serviços. Compartilhem também, pois vocês podem ajudar alguém que não tem condições de se locomover com facilidade, esteja em locais distantes ou mesmo queira otimizar seu tempo através do uso da internet.

http://www.apsicanalistaonline.com.br/

COMPARTILHE
CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos. Sejam sempre bem-vindos! Josie Conti



COMENTÁRIOS