90 lições que aprendi antes dos 25 anos de idade

A vida ensina suas lições, mesmo quando você não está pronto para aprendê-las.

Aprende-se mais pela dor do que por amor, é isso que me disseram. Eu tomo como verdade.

Muitas lições na vida são aprendidas conforme a experiência urge, ao passo que tantas outras são esquecidas ou negligenciadas, principalmente quando se leva uma vida errante – no sentido de que errar é humano. De qualquer forma, não há como passar pelos estágios da existência sem ter algumas cicatrizes na pele ou no coração. Afinal, todos os rituais de passagem exigem sacrifícios.

Boa parte das lições que se aprende na vida tem caráter individual; estas são derivadas das experiências particulares de cada um. Porém, acredito também que há certas lições gerais: todas as pessoas passam por aprendizados específicos em comum.

As marcas do tempo surgem naturalmente, como feridas formadas após várias batalhas disputadas. O impacto do tempo é inexorável, implacável e iminente. Como dizia o orador e filósofo indiano Jiddu Krishnamurti, “o tempo é o inimigo psicológico do homem”.

Hoje, com vinte e poucos anos de vida, já passei por consideráveis crises existenciais e de identidade ao ponto de ter me transformado completamente, de diversas formas e em muitas ocasiões. Algumas dessas mudanças foram naturais, é claro, mas outras foram tão extraordinárias, imprevisíveis e inexplicáveis que eu me senti como se tivesse nascido de novo, com outra mente, e um outro corpo. Um mundo diferente me rodeava, e fui obrigado a me adaptar para não morrer.

Às vezes, mudar é imperceptível; simplesmente acontece e você não sabe identificar as diferenças concretas entre o antes e o depois. Mas, em outras vezes, mudar é reinventar-se inacreditavelmente, da mesma forma que Gregor Samsa mudou de ser humano a inseto de um dia para o outro, na Metamorfose de Franz Kafka.

Eu acredito que cada um molda seu próprio destino. No entanto, percebi que a tentativa de alterar todo o futuro é uma estupidez gigantesca, considerando que, no passado, muitas coisas aconteceram independentemente de minhas escolhas pessoais, ao meu favor ou contra mim. Acaso e sorte existem, e são forças tão poderosas quanto a lei do karma ou o livre-arbítrio, por exemplo. Algumas ações são intencionais, outras, involuntárias, e há aquelas que são conflitantes com os nossos próprios desejos. Eu consigo ser visionário, mas prefiro enxergar a realidade no presente do que a verdade do futuro. A previsibilidade sempre é passível de ser falha, apesar de todos os fatores condicionantes que possam haver.

Até agora, eu acho que aprendi bastante, mas isso está muito longe de ser o suficiente. Dentre tantas outras filosofias de vida, eu aprendi essas 90 lições:

1. É impossível (e inútil) tentar agradar todo mundo.

2. A vida passa mais rápido do que se quer aceitar.

3. O arrependimento vem mais pelas coisas que se deixa de fazer.

4. A família é o maior porto seguro.

5. Alguns amigos são como irmãos.

6. Quase todas as oportunidades de crescimento estão além da zona de conforto.

7. Algumas virtudes estão disfarçadas em defeitos.

8. A vida é dura, e o mundo é repleto de injustiça.

9. O sucesso (e a sorte) vêm para aqueles que estão dispostos a correr os riscos.

10. Você pode se transformar, e irá, mas não pode se tornar algo que não é.

11. Menos é mais.

12. As pessoas se lembram mais facilmente de um grande erro do que de pequenas conquistas.

13. Felicidade e gratidão são sinônimos.

14. Muitos momentos de dor e sofrimento são o preço a se pagar por alguns instantes de alegria e felicidade.

15. É mais difícil ser altruísta do que ajudar os outros sem esperar algo em troca.

16. O fracasso e o sucesso são lados da mesma moeda.

17. Se você olha muito tempo para o abismo, o abismo olha para você.

18. No final, nem sempre o bem prevalece ao mal.

19. Dinheiro resolve muitos problemas, e cria tantos outros.

20. A saúde é o melhor investimento.

21. As pessoas são mais influenciadas pelo meio social em que vivem do que interferem no meio social.

22. A educação é cara, mas a ignorância é mais ainda.

23. Felicidade não está à venda.

24. Amor é mais do que um sentimento: é uma luz.

25. Palavras e gestos podem reavivar ou então destruir alguém.

26. Boatos e fofocas são como vírus: espalham-se pelo ar rapidamente e podem abalar a integridade de uma pessoa.

27. Só quem ama a si mesmo consegue amar aos outros.

28. Para todo alguém, a verdade é aquilo que convém.

29. Sem música, a vida seria um erro.

30. Dó e indiferença são mais impactantes do que ódio e rancor.

31. Duas cabeças pensam mais – não melhor – do que uma.

32. Não se aprende a voar voando.

33. Conhecimento é poder, mas nem sempre querer é poder.

34. A humildade é tão atrativa quanto a arrogância é repugnante.

35. Por mais autêntico, seguro, vaidoso e orgulhoso que alguém seja, não é possível evitar, de todo, a comparação com os outros.

36. A grande maioria dos amigos são, na verdade, conhecidos.

37. A solidão é tão necessária quanto as relações humanas.

38. A vida é muito curta para ser levada tão a sério.

39. Muito de quem somos é sobre quem amamos.

40. Aprende-se mais pela dor do que por amor.

41. Não existe alguém totalmente são e salvo da loucura.

42. Sem sacrifícios não há vitórias.

43. A maioria dos homens mais depressa nega uma verdade dura do que a enfrenta.

44. Quem não dá, também não recebe.

45. Só quem constrói o futuro tem direito de julgar o passado.

46. A imaginação pode ser fonte de prazeres ou de desespero: nos dois casos, é um subterfúgio comum da realidade.

47. A esperança é muito mais estimulante do que a sorte.

48. Dinheiro não traz felicidade, mas simula muito bem.

49. Para cada escolha, há pelo menos uma perda.

50. Preconceito e discriminação são venenos inoculáveis.

51. A liberdade pode ser tão repressora quanto a repressão direta.

52. Quem não procura se inspirar, não vai encontrar a quem inspire.

53. Às vezes, tudo o que você precisa na vida é de uma nova perspectiva.

54. A depressão é um segredo que todos nós compartilhamos.

55. A vida de um ansioso é como uma montanha russa: cheia de reviravoltas.

56. Não há nada de graça: absolutamente tudo tem um preço.

57. Grandes ideias são como folhas ao vento: espere um momento a mais e elas fogem de seu alcance.

58. O aborrecimento saudável é aquele sobre as coisas que podemos controlar.

59. Quem ama sofre, mas quem evita o amor também sofre. Parte de ser feliz é amar; ser feliz, então, também vem de sofrer.

60. Acreditar que os sonhos podem se tornar realidade é o que nos permite reconhecer nossas vocações.

61. Quem economiza tem quando precisa.

62. Ousar é perder-se momentaneamente, não ousar é perder-se definitivamente.

63. A generosidade, benevolência e o altruísmo ganham as pessoas no longo prazo, mas tudo isso passa a ser cada vez mais explorável.

64. Viver o presente sem se preocupar com passado ou futuro é difícil, mas não impossível.

65. Crescer é se preparar para dificuldades cada vez maiores.

66. Não é possível se livrar completamente da hipocrisia, mas é sensato saber quando se é hipócrita.

67. Um simples elogio sincero pode transformar a vida de uma pessoa para melhor, nem que seja por um dia.

68. A decepção mais comum é não podermos ser nós próprios, mas a forma mais profunda de decepção é escolhermos ser outro antes de nós próprios.

69. É mais garantido plantar seu próprio jardim do que esperar alguém lhe trazer flores.

70. Um tropeço hoje pode evitar uma queda amanhã.

71. Saber dizer “não” faz parte do processo de amadurecimento.

72. Qualquer tolo pode criticar, condenar e reclamar, mas é preciso caráter e autocontrole para ser compreensivo e indulgente.

73. Nada é bom ou mau, mas pensar o faz assim.

74. Você não pode mudar uma pessoa, mas pode inspirá-la à mudança.

75. O tédio pode ser tão excruciante quanto a dor mais profunda.

76. A mentira mais frequente é a omissão, e a mentira mais comum é a que o homem usa para enganar a si mesmo.

77. Boas memórias são gratificantes, mas o esquecimento pode ser uma benção.

78. A busca pela perfeição é um método de aprisionamento psicológico.

79. O orgulho é uma faca de dois gumes.

80. Não há apenas uma morte ao longo da existência.

81. Religião pode ser uma fonte de paz, mas essa não vem sem alguma ilusão.

82. Você nunca sabe a força que tem, até que a sua única alternativa é ser forte.

83. Sexo sem amor é como uma árvore sem a luz do sol.

84. Amor e utilidade estão diretamente relacionados, embora haja uma grande diferença entre ser útil e ser amado.

85. Não é preciso ver para crer.

86. O perdão é um livramento.

87. As mágoas são como o câncer: crescem com o tempo e podem matar.

88. Quem olha tempo demais para seu próprio reflexo corre o risco de perder-se em si mesmo.

89. Você só consegue aceitar as diferenças e reconhecer a subjetividade de cada pessoa após compreender sua história e suas motivações.

90. Aprender é uma tarefa interminável. Quem para de aprender está parado no tempo.

COMPARTILHE
Eduardo Ruano
Escritor e redator por hobbie e profissão. Me considero uma pessoa racional, analítica, curiosa, imaginativa e em constante transformação. Gosto de ler, escrever, correr, assistir séries, beber e viajar com os amigos. Estudioso de psicologia, filosofia e comportamento humano. Também sou interessado em arte, literatura, cultura e ciências sociais. Odeio burocracias, formalismos e convenções. Amo pessoas excêntricas, autênticas e um pouco loucas, até certo ponto. Estou sempre buscando novas inspirações para transformar ideias em palavras.



COMENTÁRIOS