5 Sinais de que é hora de mudar sua vida

Você está vivendo o seu pleno potencial e felicidade? Parece uma tarefa difícil, mas nós somos voltados para cumprir um propósito e, naturalmente, desenvolver-nos para sermos felizes. Durante nossa rotina, podemos perder a noção do nosso caminho e prioridades.

Veja se as situações abaixo se encaixam no seu estilo de vida atual. Pode ser assustador fazer uma total mudança e perseguir suas paixões originais, mas uma vez que você começar a se mover para esse objetivo, vai encontrar-se sendo impulsionado para ele.

É melhor tentar e não ter sucesso do que nunca tentar. Você será assombrado por aquilo que poderia ter sido. Mesmo se não for imediatamente e de grande sucesso, você vai aprender mais do que se não tivesse tentado. Você também vai sentir uma satisfação mais profunda e sensação de crescimento feliz.

1.Você é muitas vezes invejoso
Como você compara sua vida com as dos outros, encontra-se cobiçando elementos de suas vidas. A inveja é uma emoção feia, e nunca saudável. Busque o motivo pelo qual você quer o que a outra pessoa tem. Você está colocando as posses dos outros cima das suas ou valorizando seus bens? Em qualquer situação, depois de reconhecer seus sentimentos e motivações, você tem duas ações.

Você decide se isso é algo que você realmente deseja em sua vida ou não. Se quiser, canalize a sua inveja em inspiração e trabalhe para um efeito similar. Se não, se concentre em seu caminho e objetivos individuais.

2.Você nunca sai de sua zona de conforto ou quebra a sua rotina
A vida começa verdadeiramente no limite de sua zona de conforto. Temos de praticar as coisas nas quais ainda não somos bons, e nos aventurarmos em situações com as quais não estamos familiarizados, a fim de crescer. Desafiar-nos desta forma é difícil, mas só por um momento.

Se você pode enfrentar os sentimentos estranhos e possíveis constrangimentos, vai perceber que se adaptará rapidamente. O medo do que poderia dar errado é altamente exagerado.

Você sempre pode ir devagar, dando pequenos passos para construir confiança.

3.Você não sabe qual é sua verdadeira paixão e não como convidá-la à sua vida
Uma vez que você percebe que está apenas sobrevivendo, pode ser bastante chocante. Para iniciar a prosperar, é hora de começar a experimentar. Comece com seus pontos fortes, pontos fracos, e interesses. Faça o que puder para mudar a sua rotina e valorizar as competências que usa.

4.Suas férias são tudo
Férias devem ser um tempo para descanso. Se você começar a precisar de uma fuga periódica de sua vida e responsabilidades, pode precisar mudar a sua vida para que não fuja mais dela. Tomar medidas para aproveitar a vida o mais rápido possível.

A vida é sempre uma bênção e um evento para ser apreciado, trabalhe sobre as coisas em sua vida que você tenta esconder durante suas férias. Se você melhorar sua satisfação geral com sua vida, vai realmente desfrutar das suas férias, e não apenas usá-las como uma fuga.

5.Em momentos de introspecção, você sabe que não está seguindo seu verdadeiro caminho
Tente este exercício simples, mas poderoso. Anote suas três principais prioridades e as três coisas nas quais você mais foca-se atualmente. Como as duas listas alinham-se? Se você não está passando seu tempo em atividades ou metas que são importantes, então não está vivendo de uma maneira que te faça sentir-se realizado. É fácil ser pego nas metas outros ou se distrair.

Faça mudanças em sua vida, então você estará gastando mais tempo nas coisas que quer. Se você não tem certeza do que quer fazer, tenha o tempo para explorar as possibilidades.

Conheça novas pessoas, experimente novas atividades e mude a sua rotina. Você nunca vai descobrir o que não sabe, se continuar fazendo as coisas que sempre fez.

Fonte: XTreino

COMPARTILHE
CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos. Sejam sempre bem-vindos! Josie Conti



COMENTÁRIOS