5 maneiras de se livrar de seus medos

Via notícias alternativas

Você lembra da última vez que realmente quis fazer algo, mas não fez? O que o impediu de fazê-lo? Alguma coisa o fez mudar de ideia? Havia uma voz dentro de sua cabeça? Seja qual for o motivo, vamos parar e questionar o que pode estar acontecendo com nossos medos e como podemos superar esses medos para que possamos começar a perseguir coisas que sempre quisemos.

O medo é uma coisinha interessante, pois ele pode agir de maneiras que nem sequer sabemos estar presentes.

Aqui estão alguns dos pontos-chave para ajudá-lo a superar seus medos.

MEDO

1) Sinta o medo e avance mesmo assim

Quantas vezes você esteve prestes a fazer algo e o medo  rastejou em cima de você conforme você chegava mais perto de fazê-lo? Nessa hora, bem antes de estar prestes a saltar com os dois pés em sentir o medo mais forte… o medo se dissipa no nada. Esta é de longe um dos mais poderosos meios de ir além e se livrar de seus medos.

2) Largue o passado

Quando enfrentamos uma situação que podemos ter experimentado antes, o medo pode surgir se o resultado anterior fez algum tipo de impacto indesejável sobre nós. Talvez no passado não estávamos tão preparados para a experiência, precisávamos aprender uma lição com isso. Isso não significa que precisamos fechar-nos.  Você é uma pessoa nova em cada momento e está pronto para fazer os ajustes. Às vezes, tudo o que precisamos é de alguns pequenos ajustes e o que pode ter uma vez proporcionado um desafio no passado é agora fácil de fazer. De qualquer maneira, você aprendeu alguma coisa! Deixe de lado o passado e tente de novo!

3) Pare de procurar obstáculos

“É muito difícil! Estou muito cansado! Eu não tenho tempo!” Naturalmente, estas não são as únicas três desculpas que gostamos de inventar para nos livrarmos de algo, mas estas certamente são as mais comuns. Os obstáculos são uma das maneiras mais fáceis para nossas mentes para enterrar um medo. Os obstáculos parecem reais, são quantitativos e qualitativos, são fáceis de descrever para os outros e os outros muitas vezes concordam com eles. Perante todas estas qualidades, é fácil ver porque nós olhamos para os obstáculos o tempo todo, mas isso não significa que não estamos usando os obstáculos para mascarar nossos medos. Afinal de contas, um obstáculo é verdadeiramente somente tão grande quanto o fazemos ser. Você pode vê-lo como um bloqueio na estrada ou como um desafio necessário ao longo do caminho para o seu objetivo. Veja o obstáculo como ele é, não lhe dê mais poder do que ele precisa e tome as medidas para avançar. Há pouca necessidade de torná-lo tão grave.

_______________________________________________________________________

Precisa de ajuda especializada? logo terapia saiba mais

____________________________________________________________________________________________

4) Evite julgar os resultados

Você nunca esteve incerto de por que algo aconteceu quando aconteceu? Apenas para descobrir alguns dias, semanas ou meses mais tarde que acabou ajudando muito a sua situação? A sua percepção pode ter feito você julgar a experiência como sendo ruim, negativa ou não ideal. Em vez de ver o resultado como um sucesso, não importa o que, nós definimos e classificamos como deveria ter acontecido. Esta forma de olhar para os nossos objetivos ou escolhas cria medo em ter certos resultados anulados. Muitas vezes a razão para as coisas acontecerem da maneira que elas acontecem está além da nossa compreensão em um determinado momento. Podemos querer julgar ou nos sentir chateados sobre por que as coisas aconteceram, mas elas são parte de um plano maior. Para ajudar a enfrentar seus medos nesta situação, vá além da razão e além do julgamento. Nem sempre há uma razão óbvia por que agora é o momento ou por que algo pode ou não acontecer. Vá além da conversa desnecessária da mente e saiba que não importa o resultado, você criou com sucesso a experiência para si mesmo. É provável que a experiência vai lhe proporcionar um crescimento positivo, não importa o resultado. Afinal, a mente é a única que cria o medo ou que vê um resultado como um fracasso.

5) Muito pouco, muito tarde

O medo cancela o que estamos querendo fazer, e às vezes o medo de ter muito pouco tempo nos torna imóveis, porque no final temos medo do fracasso. De qualquer maneira, para enfrentar esse medo, simplesmente aja. A viagem é o que é importante no final. Vamos aprender com nossas escolhas de esperar muito tempo e optar por começar agindo no que  gostaríamos de fazer. Quando agimos em algo e enfrentamos de frente, percebe-se rapidamente que seus medos diminuem.

Gostou? Compartilhe!

COMPARTILHE
CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos. Sejam sempre bem-vindos! Josie Conti



COMENTÁRIOS