21 problemas de ser uma ‘alma antiga’ presa num corpo jovem

De Alena Hall

“Almas antigas” desse mundo, vocês sabem quem são. E é provável que você saiba desde que era bem jovem, quando seus pais lhe diziam que sua perspectiva de vida era única em comparação com a dos seus pares. Você sabe o que é ser considerado estranho e meio quieto demais – e ser rejeitado por causa dessas diferenças.

Mas tudo bem, porque a sabedoria além da idade traz muitas vantagens: uma maturidade que vai te servir a vida inteira, uma consciência afiada do que você gosta (e não gosta), um belo senso de como abordar o mundo com a cabeça aberta e uma força de vontade poderosa que te mantém com os pés plantados em suas próprias convicções.

Como todo outro traço dominante que nos distingue dos outros, há (frequentes) ocasiões em que esse tipo de existência parece uma verdadeira luta. Pedimos que a comunidade do HuffPost Lifestyle no Facebook encontrasse as partes mais difíceis de ser uma “alma antiga” num corpo jovem. Eis 21 coisas que foram compartilhadas:

1. “As pessoas da minha idade me acham chata.”Karla Retana, usuária do Facebook

2. “Acho que a parte mais difícil é encontrar pessoas que consigam te entender. É uma espécie de solidão.”Rox Aimee, usuária do Facebook

3. “Eu não me encaixo com pessoas da minha idade. Eles acham que eu sou chata. Mas as pessoas mais velhas SÓ enxergam minha idade e me colocam no mesmo saco das pessoas imaturas ou inexperientes. Eu tendo a namorar homens (de 10 a 15 anos) mais velhos, o que, na minha experiência, ainda não deu muito certo… Sempre considero essa coisa de “alma antiga” um elogio, mas não tenho certeza de que as pessoas realmente querem dizer isso.” Jessica Lee, usuária do Facebook

4. “Desde sempre, você sente que é um pássaro diferente do resto do bando. O que deixa os outros felizes ou tristes não tem o mesmo efeito em você. Mas, por outro lado, eu não gostaria de ser de outro jeito.”Rima Harb Bou Ayash, usuária do Facebook

5. “Encontrar um parceiro que te entenda e que tenha uma idade apropriada/seja jovem.”Zara Zara, usuária do Facebook

6. “A parte mais difícil é não ser levada a sério quando se é jovem.”Sarah Jane Wells, usuária do Facebook

7. “Deixar isso claro para alguém que não é ‘alma antiga’, e às vezes a frustração de querer ser parte de círculos mais populares, mas ao chegar lá descobrir que você sempre estará do lado de fora… e de alguma maneira não se importar com isso, mesmo que esteja sozinha.”Jo Pollard Hamilton Britt, usuária do Facebook

8. “Tenho dificuldade em abrir mão e ser tola porque aquela voz velha na minha cabeça me faz me sentir estúpida quando isso acontece. Além disso, intuitivamente, percebo quando algo é uma má idéia, o que pode ser incrível, mas também me faz uma estraga-prazeres entre meus pares.”Amy Schulte, usuária do Facebook

9. “Para mim, a parte mais difícil é não deixar minha mentalidade ser afetada pelas palavras dos outros. Parece irônico, porque uma alma antiga deveria ser capaz de diferenciar entre palavras e verdade, mas às vezes pode ser desgastante ouvir a palavra ‘antiga’ tantas vezes.” Kristi Kurtz, usuária do Facebook

10. “A parte mais difícil é como é frustrante ver almas jovens lutarem tanto com coisas que são patentemente, obviamente verdadeiras e claras. Elas não aprenderam a fluir, o segredo da vida. Eles estão sempre nadando contra a corrente, lutando, lutando.” Tracy Finklang, usuária do Facebook

11. “A sensação de que você realmente não pertence a lugar nenhum, e não entender como algumas pessoas podem ser tão insípidas, superficiais e fracas.”Dawn Johnson-Deal, usuária do Facebook

12. “As pessoas não entendem que não preciso me divertir o tempo todo. Eu estou bem sozinha em casa.”Amy Rauton DeLoach, usuária do Facebook

alma antiga

13. “Para mim, é difícil compreender as motivações das pessoas da minha idade, tais como seus objetivos e as prioridades que afetam suas decisões. Fico muito presa na minha cabeça, porque, enquanto meus amigos estão OK com a ideia de viver sem preocupações, sempre me seguro e olho para o plano potencial de longo prazo e para minhas alternativas se as coisas não derem certo na primeira vez.” — Rachel Lucht, usuária do Facebook

14. “Me sinto mentalmente superior. É um elogio.” — Alison Faye, usuária do Facebook

15. “Ninguém acredita em mim quando digo: ‘Eu sei’.” — Sarah Gentry

16. “Ser uma alma antiga me fez extremamente sensível, o que causa ansiedade. Não posso compartilhar meus pensamentos mais profundos com a maioria das pessoas, porque eles não ‘entendem’, e isso pode ser difícil.” – Allison Chrun, usuária do Facebook

17. “Me sinto meio responsável. E isso me faz sentir a necessidade de ser mais madura. Realmente gostaria que as pessoas achassem que eu sou adulta, mas é um ato de responsabilidade.” — Meenu Aswad, usuária do Facebook

18. “Encontrar pessoas parecidas, ser considerada amarga, porque você pode enxerga a imagem inteira e as coisas nem sempre são o conto de fada em que as pessoas querem acreditar, decepcionar-se regularmente com seus pares, porque eles ainda são muito infantis.” — Meg Ash, usuária do Facebook

19. “Muito do que a sociedade dominante se esforça para conseguir parece bobo.” — Carolyn Dougharty, usuária do Facebook

20. “Estar cercada de gente (tanto pessoas queridas e aquelas de quem não gosto muito) que simplesmente não enxerga o outro lado de qualquer situação, ou se recusa a fazê-lo. Sinto que estou falando uma língua estrangeira… Ser lógico e compreensivo poder ser solitário.” — Felice Ford, usuária do Facebook

21. “As pessoas me procuram para conselhos sábios e aí decidem não colocá-lo em prática… Não ser levada a sério é desanimador.” — Cassie Stef, usuária do Facebook

Fonte indicada: Brasil Post

COMPARTILHE
CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos. Sejam sempre bem-vindos! Josie Conti



COMENTÁRIOS