19 gírias antigas que precisam voltar pra boca do povo urgentemente

Hoje nós vamos tomar uns birinaits do balacobaco. Putz grila!!!

Perguntamos no Facebook de quais gírias antigas as pessoas mais gostam. Separamos as melhores no intuito de botar todas elas de volta em circulação.

1. Pra uma coisa muito boa, as pessoas diziam.

1

2. Pensa numa imagem extremamente muito antiga.

2

Se uma arca já é algo muito velho, imagine só o quanto é velho o arco de uma velha!!!

3. Quando queriam dizer que um cara era bonitão, as pessoas falavam…

3

4. Antes do “porra” ou do “caralho” existiu o bom e velho…

4

5. E antes do “foda, isso aí”, a gente falava:

5

6. Pra falar de coisas muito, mas muito legais, a galerinha usava:

6

7. Sabe quando você tinha que improvisar algo ou fazer uma gambiarra?

7

A expressão ficou muito popular com o personagem Sambarilove, da “Escolinha do Professor Raimundo”.

8. Quando você tinha esperança de um dia entender uma coisa, pensava…

8

9. Pra dar 100% de certeza que uma coisa é muito óbvia as pessoas diziam:

9

10. Sabe uma ideia completamente errada que alguém te deu?

10

11. Tomar uma bebidinha no fim do dia também podia ser chamada de:

11

12. Em vez de mandar alguém à merda, as pessoas gritavam o seguinte:

12

13. Sabe aquela pessoa que não fica um minuto sem conversar? Ela era a pessoa que…

13

14. Quando uma coisa não custa nada é assim.

14

Isso porque entre 1918 e 1935 a moeda de 100 réis valia um tostão no Brasil. E um tostão furado nunca valeu é nada.

15. Um dia um sujeito muito, mas muito burocrático, também foi chamado assim.

15

16. Um negócio muito, mas muito sem graça era…

16

17. A boa e velha pinga também podia ser chamada assim:

17

18. Quem entrava no meio da conversa e queria entender tudo, dar opinião ou polemizar era o tipico.

18

19. Você podia pedir para a pessoa repetir alguma coisa usando a seguinte expressão.

19

Fonte: Buzzfeed

COMPARTILHE
CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos. Sejam sempre bem-vindos! Josie Conti



COMENTÁRIOS