18 grandes ensinamentos de Amma, a santa dos abraços.

Amma (que significa mãe), nasceu a 27 de setembro de 1953 na pequena vila de Parayakadavu (onde criou seu Ashram conhecido como Amritapuri), próxima a KollamKerala (Sul da Índia). É muito admirada dentro e fora da Índia; muitos a reverenciam como uma Mahatma (Grande Alma) e uma santa viva: a santa dos abraços.

Líder espiritual, defensora e porta-voz de grandes causas humanitárias, Amma tem servido a comunidade por décadas, dando sabedoria, força e inspiração. Através de seus atos extraordinários de amor, força interior e auto-sacrifício, ela encantou a milhões de pessoas e inspirou outros milhares a segui-la em seu caminho do serviço altruísta.

Como uma verdadeira um cidadã do mundo, Amma mantém programas públicos gratuitos em toda a Índia, Europa, Estados Unidos e Austrália, além do Japão, Sri Lanka, Singapura, Malásia, Canadá, África e América do Sul. Em sua fala, ela oferece palavras de sabedoria e orientação, tanto no que se refere a realização pessoal, como para  as questões mais prementes do nosso tempo. Desde a mudança climática ao terrorismo, tensões interculturais, pobreza e os direitos das mulheres. As observações da Amma convidam a cada um de nós para nos envolvermos no processo de reconstrução de uma sociedade preocupada e carinhosa.

Amma conclui suas palestras ao abraçar cada pessoa presente no evento. Longe de uma breve sessão de autógrafos ou de ficar ao longo da linha de corda, estes encontros são pessoais e ocupam a maioria do tempo de Amma. Amma já ofereceu  o seu abraço maternal, conhecido como seu darshan, a mais de 34 milhões de pessoas em todo o mundo. Ela tem sido conhecida por dar darshan por mais de 22 horas sem interrupção.

Quando pessoas carentes abrem seus corações para Amma, ela lhes oferece  consolo emocional, orientação espiritual, e soluções concretas para os seus problemas. Ao receber o abraço de Amma, muitos se sentem inspirados a oferecer serviço desinteressado aos necessitados. Desta forma, este ato simples,mas poderoso – um abraço de mãe – tornou-se também um símbolo para uma crescente rede internacional de iniciativas humanitárias chamadas Abraçando o Mundo.

Em 1993, Amma foi designada uma das três representantes da fé hinduísta no parlamento das religiões do mundo, em Chicago. Em agosto de 2000, foi convidada pela segunda vez para ir à ONU para participar na Conferência Mundial pela Paz. Já em outubro de 2002, a ONU concedeu-lhe o prêmio à não-violência “King – Gandhi”, e em julho de 2004 discursou no Parlamento das Religiões do Mundo no Fórum de Barcelona.

Amma obteve ainda mais projeção em 2004, pelo fato do Ashram ter sido o maior doador privado na tragédia da tsunami e que afligiu boa parte do sul da Índia. Doou 23 milhões de dólares. Poucos anos depois doou também um milhão para o Fundo das Vítimas do Furacão Katrina.  No final de 2013 dou 2 milhões de dólares para as vítimas do super tufão Haiyan nas Filipinas.

10520469_821054631288161_1091688212_n

Abaixo, veja uma seleção de alguns de seus ensinamentos:

“Nossos esforços para eliminar o ódio e a indiferença do mundo começam por tentar removê-los de nossa própria mente.”

“Se choramos ou rimos, os dias continuam a passar. Por que não rir?”

“Para pôr fim a guerras e ao sofrimento, primeiro precisamos ser mais compassivos e ter uma abertura para mais compreensão.”

“Apenas a brisa fresca das orações sinceras e inocentes pode dissolver as nuvens negras que cobrem o mundo de hoje.”

“Simplesmente transferir armas nucleares do mundo para um museu não vai, por si só trazer a paz mundial. As armas nucleares da mente devem ser as primeiras eliminadas “.

“Observem a beleza da natureza. Viver em harmonia com a natureza nos traz felicidade e alegria.”

“Amma não se preocupa com o momento seguinte. O amor está no presente, a felicidade está no presente, Deus está no presente e a iluminação também está no presente. Quando o presente é tão bonito e tão cheio, por que se preocupar com o futuro? ”

“Até no fracasso há algo para se aprender. Precisamos compreender e seguir adiante… Se pudermos desenvolver a fé, o entusiasmo e a paciência, nunca iremos realmente falhar na vida.” 

“Nossa primeira oração deveria ser um pedido para ter um coração que se alegre com a felicidade dos demais e que compartilhe suas dores.” 

“A verdadeira espiritualidade é ver o sofrimento dos demais como nosso próprio sofrimento e a felicidade das pessoas como nossa própria felicidade.”

“Quando servimos a natureza, a natureza vtambém nos serve. Quando protegemos os animais e plantas, eles nos protegem também.”

Amma has offered this embrace to more than 34 million people over the last four decades. (Photo taken at MalpensaFiere in Busto Arsizio, Italy on November 9, 2014)
Amma has offered this embrace to more than 34 million people over the last four decades.
(Photo taken at MalpensaFiere in Busto Arsizio, Italy on November 9, 2014)

“Estar prontos e disponíveis para fazer qualquer trabalho em qualquer momento e circunstância é a característica da espiritualidade. Quando trabalhamos com amor e sinceridade, sem esperar nada em troca, sempre haverá encanto e beleza em nossas ações.”

“‘Que você possa ver sua mãe, seu pai, seu professor e seus convidados como Deus’, isto é o que Sanatana Dharma nos ensina. Respeite a todos. Trabalhe por todos.

“Nada deve acontecer sem você saber. Nenhum pensamento deve passar sem que você perceba ou esteja consciente. Observe a mente e seus diferentes humores. De acordo com que você faz constantemente, você verá o que está acontecendo dentro de si. Se estivermos atentos quando ficamos com raiva, ela não assumirá o controle sem o seu consentimento. Mas a observação não é suficiente. Devemos encontrar a verdadeira origem de sentimentos como a raiva”.

“O amor remove todos os medos. A compaixão transforma toda a feiura em beleza.”10547565_10152273451103302_2908303245696602541_n

“Nós deveríamos perdoar e esquecer os defeitos dos outros. A raiva é a inimiga de qualquer aspirante espiritual. Raiva causa a perda da força vital através de todos os poros do corpo. Nas circunstâncias em que a mente fica tentada a sentir raiva, nós deveríamos nos controlar e dizer firmemente: ‘Não!’ Podemos ir para um lugar isolado e cantar o nosso mantra. A mente se aquietará por si mesma”.

“A essência de todas as religiões do mundo é a espiritualidade. Religião que não tenha princípios espirituais é como uma fruta de plástico, não tem vitalidade ou vida”.

 

“Esteja entre os tristes e o sofredores; ame aos pobres com todo o coração. A nossa maior obrigação neste mundo é servir aos outros. ”

Site oficial da Amma no Brasil
Página oficial No Facebook Amma

Gostou? Compartilhe!

COMPARTILHE
CONTI outra
As publicações do CONTI outra são desenvolvidas e selecionadas tendo em vista o conteúdo, a delicadeza e a simplicidade na transmissão das informações. Objetivamos a promoção de verdadeiras reflexões e o despertar de sentimentos. Sejam sempre bem-vindos! Josie Conti



COMENTÁRIOS