10 sinais de que você se apaixonou a perder de vista

Qual a sensação de se apaixonar a perder de vista? Não há nada mais desafiador, considerando a fluidez dos sentimentos nos dias de hoje. Ter coragem de se abrir ao desconhecido sem carregar o peso do passado revela uma nova postura diante da vida.  Se você se identificar com os dez sinais apresentados abaixo você se apaixonou a perder de vista e não sabia:

1) Perder a noção de distancia entre você e o ser amado.

Quem se apaixona a perder de vista não investe em construir barreiras para se proteger do outro. Procura estar disponível de forma saudável. Sem jogos de dominação.

2) Perder pouco a pouco a liberdade de ir e vir em troca da tentação de permanecer.

A liberdade de um não castra a liberdade do outro. Ambos escolhem permanecer na relação. Não há espaço para pressões de nenhum dos lados.

3) Perder a hora por mais um minuto de delírio.

A vontade de explorar cada ângulo do outro não cessa facilmente. Se entregar sem culpas ou restrições. Um diálogo travado sem palavras.

4) Perder “a carta na manga” que lhe daria razão em uma discussão.

Quem quer ter razão quando é bem melhor se entregar aos efeitos narcóticos da paixão? Quem se sente bem ao ver o ser amado ser derrotado em um debate sem chance de defesa? Só alguém que quer ser infeliz.

5) Perder a própria vontade de ter razão.

Pelos mesmos motivos do item anterior.

6) Perder o medo paralisante de ser rejeitado.

Arriscar ter o orgulho ferido faz parte das grandes conquistas. Quem se fecha para novas experiências não vive uma paixão a perder de vista. Fica limitado ao que está a sua frente. Perde a magia do desconhecido.

7) Perder as histórias passadas com outras pessoas.

É fundamental não se entreter com os amores do passado. Que sirvam como experiência do que não deu certo. Dê espaço para a entrada de algo novo em sua vida, sem idealizar a situação.

8) Perder quem se foi uma dia antes de conhecer essa pessoa.

Você já não é a mesma pessoa de antes. Já viveu experiências transformadoras. Sabe o que quer e o que precisa melhorar em si. Repetir as mesmas situações que se mostraram frustrantes no passado não trarão novos resultados.

9) Perder as crenças limitantes que impediam o fluxo natural dos fatos.

Acreditar no poder do amor. Ter fé em si mesmo. Se bastar em qualquer circunstância. Permitir ao outro escolher estar ao seu lado.

10) Perder, sem apresentar resistência, o controle da situação.

Saber que um dia essa paixão (mesmo que a perder de vista) pode acabar. Ter maturidade para aceitar a impermanência dos sentimentos. Não exigir garantias. Manter uma postura onde haja respeito pelo outro e por si mesmo.

Perceber a existência de cada um dos dez sinais descritos acima não garante que o relacionamento dê certo. Apenas ajuda a identificar quais os desafios que se terá pela frente. Desnudar os receios mais profundos da alma ao mesmo tempo em que se resgata a coragem para recomeçar. Apaixonar-se a perder de vista sem se perder no outro. Esse é o objetivo.

COMPARTILHE
Adriana Abraham
Advogada e escritora, com cursos nas áreas de yoga e meditação. Carioca, residindo atualmente em Brasília.



COMENTÁRIOS